Viajando com o AirBnb

segunda-feira, outubro 31, 2016

 

Olá pessoal, tudo bom com vocês?

Eu sou a Geovanna, blogueira do Segredos da Geovanna e mãe do Pedro. Hoje vou compartilhar com vocês um pouco da minha experiência com o AirBnb, um jeito mais barato para se hospedar em viagens (com qualidade) e sem perrengues.

Tudo começou quando eu botei na cabeça que queria ir para os Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, em agosto deste ano. Um ano antes, comprei os ingressos e iniciei a saga em busca de passagens em conta (sou estagiária, daí vocês tiram a importância de pagar barato kkk) e um bom hotel, já que eu iria com toda minha família e meu filho, um bebê.

Com as passagens compradas, fui atrás de um hotel. Os preços eram absurdos e como eu queria ficar em Copacabana, local que eu já conhecia e sabia das facilidades que o bairro oferece, fiquei abismada com os valores dos hotéis que ainda tinham espaço, já que um ano antes do evento praticamente todos estavam cheios. Os preços variavam entre R$10 mil para cinco dias e caía um pouco para menos que isso. Na agência, onde comprei as passagens, me ofereceram um hotel no Centro (que é um tanto perigoso de noite) e era algo em torno de R$8 mil. Continuava muito alto para mim, como vocês lembram, sou estagiária.

Mas, com Deus na frente, as coisas foram clareando e aparecendo uma luz no fim túnel. Até abril, fiquei nessa busca implacável para encontrar um hotel (nessa altura do campeonato nem precisava ser bom) e achei um hostel, mas não era um ambiente muito agradável para famílias, era algo mais para mochileiros e ainda assim era caro, R$5mil reais para cinco dias. Quando já estava prestes a fechar com o hostel (ou desistir da viagem), perguntei para um grupo de amigos indicações de hotéis e de bairros no Rio e eis que uma alma bondosa me sugeriu o Airbnb. Como boa curiosa, fui atrás.

O Airbnb é um site internacional que oferece hospedagens em casas, apartamentos, chalés e outras acomodações (tem até casa na árvore!) com preços muy amigos. Quem preferir pode até alugar um quarto em uma casa que morem outras pessoas que o preço fica bem bacana também.

Voltando para minha história... Pesquisei, pesquisei e achei um apartamento na principal avenida de Copacabana, próximo a metrô e de fácil acesso. Nossa, nessa etapa do caminho o preço já nem era mais a minha prioridade, eu queria aquele apartamento! E o melhor de tudo foi a doce surpresa de ter o preço que cabia no meu orçamento: R$2.850,00. ISSO MESMO QUE VOCÊ ACABOU DE LER! 

Procurei algumas referências sobre o Airbnb, conversei com outros anfitriões, mas aquele apartamento me ganhou e foi lá que eu passei meu aniversário e participei dos Jogos Olímpicos. Uma experiência única e que só foi possível graças à maravilhosa localização do apartamento (atrás do Copacabana Palace e na esquina com a Arena Copacabana, onde aconteciam os jogos de vôlei). Além de ser bem perto do metrô e de lojas que davam para comprar comida e sair de noite. Ah, perto de shopping também!

No início deste mês quis usar o Airbnb por mais uma vez, para tirar minhas dúvidas, se de fato outras acomodações eram boas ou eu dei sorte com o lugar que fiquei em agosto. Faltando dois dias para o feriado de outubro (11 e 12 em Campina Grande), aluguei um flat em Tambaú, praia super badalada em João Pessoa. O preço foi bem em conta, R$119, e o apartamento era uma rua antes da praia!

Sempre que precisei consegui falar com os anfitriões pelo próprio aplicativo ou por whatsapp, foram sempre solícitos e não tive nenhum problema nas minhas hospedagens. Existe quem ache desvantagem não ter café da manhã como em hotel, mas o preço compensa. O site é internacional e tem várias hospedagens pelo mundo. Estou de olho em uma viagem internacional, será que rola?

Beijinhos,
Geo  Minhas mídias sociais: FACEBOOK | INSTAGRAM

You Might Also Like

0 Comentários