Casamento DIY de Marilda e Leonardo

quinta-feira, julho 02, 2015

Você já pensou em desistir da decoração? Ou já chorou ao ver os preços do orçamento e se perguntou como iria pagar tanta coisa? Então, com a Marilda Vieira não foi diferente. Ela começou a planejar o casamento e se deparou com um preço altíssimo em decoração, com orçamento curto, ela não desistiu e apostou no DIY (faça você mesma).

Ela nos contou todos os detalhes, desde a pesquisa por inspiração, produção da decoração com o seu noivo, definição de toda a papelaria, até o grande dia. Vamos ver? 

**

Nós ficamos noivos no finalzinho de outubro de 2014 e no início de novembro começamos a organizar tudo, ou seja, 6 meses de preparação. Optamos por casar de manhã, porque a cerimônia durante o dia sairia mais barato. Gastaríamos, em média, 30% a mais se fosse a noite e também porque meu pai não fica acordado até mais que 22h e queria que ele ficasse confortável no casamento.

Vimos que os valores de decoração em Brasília, eram exorbitantes e o nosso orçamento era curtíssimo, então decidimos produzir o nosso casamento. No início, achei que seria difícil, mas depois que começamos a fazer as coisas senti que seria mil vezes melhor do que pagar a decoração. Tudo ficou a nossa cara, a gente olhava e via o nosso amor estampado em cada porta guardanapo, cada garrafinha pintada.

Produzimos boa parte da papelaria, como por exemplo os convites, as mensagens que foram deixadas nas mesas dos convidados, e etc. Carregamos cadeira, mesa, montamos as mesas, a cerimônia, tudo. Inclusive, fiquei toda roxa de carregar as cadeiras de ferro, mas foi tão gratificante. 

A cerimônia foi realizada às 10h, mas coloquei nos convites de 9h30, para que não ocorresse atrasos por parte dos convidados. No dia, eu acordei às 5h30 da manhã, tomei café, cheguei na chácara de 6h10 e fomos acertar os últimos detalhes. As nossas famílias acharam lindo, todo mundo disse que ficou parecendo casamento de novela. (risos).

O casamento foi feito para 110 pessoas e convidamos somente aquelas pessoas que eram participantes nas nossas vidas (Dica importante: não adianta convidar por educação, sem ter intimidade com a pessoa). A nossa maior dificuldade foi a chuva, um dia antes estava caindo água, sofri tanto, o tempo de Brasília é muito louco. No outro dia, quando eu estava me arrumando, começou a cair uns pingos, fiquei desesperada e orei pedindo a Deus que me abençoasse e Ele não fez diferente. Deus me ouviu e a chuva parou, tudo aconteceu da melhor maneira possível.



Gastamos 13.500 reais e não tenho nenhum problema em dizer, pelo contrário. Gastaríamos o dobro se não tivéssemos produzido a decoração, eu sempre digo às noivas que possuem um orçamento apertado como o meu que não desistam do seu sonho e vejam que é possível fazer um casamento lindo, a cara dos noivos, gastando pouco. 


Por fim, Marilda deixou um recadinho: "Quero deixar um conselho para as noivinhas que seguem o blog: Antes de qualquer coisa, coloque Deus na frente. Eu passei por tantas dificuldades, que se contasse algumas não iram acreditar, mas estou aqui, casadíssima e super feliz. Tudo isso porque Deus esteve e sempre estará presente nas nossas vidas", concluiu. Agora, quero saber de vocês, o que acharam? Porque estou babando até agora ;)

{Siga o MVS em suas redes sociais e saiba todas as novidades}

You Might Also Like

0 Comentários